IMG 9470

A entrega da comenda faz parte das celebrações do Dia do Médico e é uma homenagem do Cremego a profissionais que se destacam no exercício ético da profissão 

No dia 17 de outubro, antecipando as comemorações do Dia do Médico, celebrado no dia 18, o Cremego abriu suas portas para homenagear oito médicos goianos que ao longo de mais de 35 anos de exercício profissional vêm contribuindo para o engrandecimento da medicina no Estado e são uma referência ética para toda a classe médica. A comenda Honra ao Mérito Profissional Médico 2018 foi entregue pelo Cremego aos médicos Joel Neder, Luiz Arantes Resende, Maria Eugênia Gamero da Costa, Moacyr Tyrone Guimarães, Paulo de Tárcio Álvares, Sérgio Daher, Taufic Auad e Udirse Rodrigues do Nascimento.

Os homenageados foram escolhidos pelos conselheiros e receberam um troféu e um diploma em reconhecimento ao trabalho que desenvolvem em prol da medicina nas áreas de pesquisa, ensino, organização da categoria e assistência à população. A solenidade, realizada na sede do Conselho, reuniu conselheiros, parentes e amigos dos homenageados e representantes de entidades médicas e da área da saúde, que foram unânimes aos afirmar ser a conduta ética dos homenageados exemplar para a classe médica e a sociedade.

“O Cremego faz questão de homenagear esses profissionais que são um exemplo para todos os colegas”, disse o primeiro secretário do Conselho, Rômulo Sales de Andrade. “Uma homenagem muito merecida por esses médicos que se destacaram pelo ensino da profissão, seu exercício ético e o respeito ao paciente”, afirmou o conselheiro do Conselho Federal de Medicina, Lueiz Amorim Canêdo. “Fico orgulhoso de ter votado a criação desta comenda que homenageia grandes nomes da medicina”, declarou o ex-conselheiro e presidente da Federação dos Hospitais de Goiás, Carlos Alberto Ximenes.

A comenda Honra ao Mérito Profissional Médico foi criada pelo Cremego em 2005 para marcar as celebrações do Dia do Médico com uma homenagem aos profissionais que contribuíram e contribuem para o desenvolvimento e a valorização da medicina goiana. Oitenta e oito médicos já receberam a condecoração. Neste ano, falando em nome dos homenageados, o médico Sérgio Daher, agradeceu o reconhecimento do Cremego e também parabenizou os colegas. Ao entregar a comenda, o Cremego busca ressaltar a importância da ética e do correto exercício da medicina e estende a homenagem a todos os médicos goianos que trabalham pela valorização da profissão.

 

Joel Neder (CRM/GO 1313)

JOEL NEDER

Mineiro de Serrania, formou-se em medicina em 1972, aos 26 anos, pela Universidade Federal de Goiás. Foi também na Faculdade de Medicina da UFG, que concluiu a residência em cirurgia geral, iniciando uma longa e bem-sucedida carreira nesta especialidade. Aprovado em diversos concursos públicos e processos seletivos, trabalhou por mais de 20 anos como cirurgião geral e socorrista em grandes hospitais da capital.

Em 1978, integrou o grupo de médicos cooperados cofundadores da Unimed Goiânia. Em 1998, após aprovação em concurso, passou a trabalhar no Serviço de Atendimento de Urgência da Unimed (SAU), onde permaneceu por 20 anos, tendo sido diretor clínico da unidade por dois mandatos. 
Com especialização em Medicina do Trabalho e mestre em Ciências, Joel Neder foi também professor adjunto do departamento de cirurgia geral e preceptor da residência de cirurgia geral da Faculdade de Medicina da UFG. Especialista em homeopatia pela Associação Paulista de Homeopatia, ele segue atendendo nesta especialidade em seu consultório médico desde 1983. 


Luiz Arantes Resende (CRM/GO 1846)
Luiz Arantes

Natural de Alto Garças (MT), formou-se em medicina em 1974 pela Universidade Federal de Goiás, aos 30 anos. Três anos depois, concluiu a residência em cirurgia geral na primeira turma de residentes da especialidade do hoje Hospital Estadual Geral de Goiânia Dr. Alberto Rassi. Também em 1977, especializou-se em clínica médica pela Faculdade de Medicina da UFG.
Ex-chefe da seção de emergência do HGG e do serviço de cirurgia geral do Departamento de Cirurgia da Faculdade de Medicina da UFG e ex-diretor do Hospital das Clínicas da UFG entre 2006 e 2014, dedicou-se ainda ao ensino da profissão que tão bem exerce. Na década de 1980, voltou aos bancos da UFG e, em 1987, concluiu o curso de direito, mas nunca se afastou da medicina. Desde 2014, é diretor técnico do Hospital de Urgências da Região Noroeste de Goiânia Governador Otávio Lage de Siqueira, o Hugol. 

Maria Eugênia Gamero da Costa (CRM/GO 1964)

Maria Eugenia

Nascida em Guaxupé (MG), foi criada em Campinas (SP), onde viveu e estudou até 1968, quando foi aprovada no vestibular de medicina na Universidade de Brasília. Concluiu o curso em meados de 1974, aos 27 anos, e, após a formatura, retornou a Campinas, onde ingressou na residência em anestesiologia no Hospital Irmãos Penteado. 
Em 1975, ao final da residência e já casada com o também médico Itamar Alves da Costa, mudou-se para Anápolis. Há 43 anos, desde a sua chegada na cidade, trabalha na Santa Casa de Misericórdia e é também plantonista em outros hospitais anapolinos. 
 
Moacyr Tyrone Guimarães (CRM/GO 1521)

Moacyr Tyrone

Mineiro de Guarda-Mor, formou-se em medicina pela UFG, aos 34 anos de idade. Antes de ingressar na UFG, trabalhou como ajudante de topografia e topógrafo no antigo Departamento Nacional de Estradas de Rodagem, em Minas Gerais, e foi esse trabalho que o trouxe a Goiás.
Primeiro, morou em Rio Verde e depois em Anápolis, onde trabalhou também como professor. Em 1967, já casado, decidiu ingressar em um cursinho em Goiânia e tentar o vestibular de medicina. A aprovação veio no ano seguinte e a formatura em 1973. O próximo passo foi a especialização em ortopedia e traumatologia.
Em 1975, ele se mudou para Ceres a convite do colega Eurípedes Meneses e juntos fundaram o Hospital Ortopédico de Ceres, uma unidade que hoje atende várias especialidades e onde continua trabalhando no setor de urgência e emergência, mesmo após a aposentadoria. Nestas quatro décadas e meia, também se dedicou a muitas atividades sociais e à representatividade da classe médica e hospitalar, tendo sido presidente e diretor da Associação Médica e da Associação dos Hospitais de Goiás.

Paulo de Tárcio Álvares (CRM/GO 974)

Paulo de Tárcio

Natural de Goiânia, formou-se em 1969, aos 26 anos, pela Faculdade de Medicina da UFG. Após um ano de internato no Primeiro Hospital Distrital de Brasília, hoje, Hospital de Base do Distrito Federal, em janeiro de 1970, começou a trabalhar no Hospital Evangélico de Rio Verde.

Considerado uma referência em pediatria em todo o Sudoeste goiano, foi pioneiro ao inaugurar a primeira Clínica de Vacinação do interior do Estado, em 1971. A clínica funcionou até 2010. Em setembro de 1974, organizou, inaugurou e passou a dirigir a Unidade de Pediatria do Hospital Evangélico de Rio Verde.

Foi diretor da unidade por 40 anos e até hoje se dedica a ela como pediatra e cirurgião pediátrico. Seu trabalho como médico e em defesa da saúde lhe rendeu várias homenagens, uma delas entregue no Cremego em reconhecimento aos serviços prestados no Hospital Evangélico de Rio Verde, que também batizou sua Unidade de Neonatologia com o nome de Paulo de Tárcio.

Sérgio Daher (CRM/GO 2511)

Sergio Daher

Goiano de Piracanjuba, formou-se em medicina aos 25 anos, em 1977, pela UFG, onde também se especializou em ortopedia e traumatologia entre 1978 e 1979. Após a conclusão da residência médica, seguiu conciliando o trabalho e os estudos e tanta dedicação o tornou hoje um dos principais especialistas brasileiros da área de coluna vertebral.

Foi chefe do Grupo de Cirurgia da Coluna no Departamento de Ortopedia e Traumatologia da UFG; médico ortopedista do Serviço de Cirurgia de Coluna do Hospital de Acidentados Clínica Santa Isabel e, desde 2002, é superintendente Executivo da Associação Goiana de Integralização e Reabilitação, instituição responsável pela gestão dos hospitais estaduais Crer, Hugol e HDS.

Acadêmico da Academia Goiana de Medicina, ele também se dedicou ao ensino, tendo sido professor assistente e ex-diretor do Departamento de Ortopedia e Traumatologia da UFG. Em 2002, fundou a Revista Coluna/Columna, que edita até hoje, e é membro do corpo editorial das publicações periódicas “Ortopedia e Traumatologia Ilustrada” e “Arquivos Brasileiros de Paralisia Cerebral”.

.
Taufic Auad (CRM/GO 1000)

Taufic Auad


Filho de imigrantes libaneses, nasceu em Nova Granada (SP) e formou-se em medicina aos 27 anos, na UFG, conquistando um sonho que nunca mediu esforços para realizar. Influenciado pelo irmão mais velho, o dermatologista Anuar Auad, prestou prova de residência para DIP (Dermato Infecciosas e Parasitárias), também na UFG, e ao final da residência ingressou como professor titular no IPT, hoje Iptesp do Departamento de Medicina Tropical da universidade.

Foi professor da disciplina de Doenças Infecciosas e Parasitárias por 35 anos. No início dos anos 70, trabalhou no Hospital do Pênfigo ao lado de Anuar Auad, exercendo um papel muito importante em pesquisas de tratamento para o pênfigo e vitiligo. O hospital fundiu-se com o Hospital Osvaldo Cruz e mais tarde se tornou o Hospital de Doenças Tropicais Dr.Anuar Auad. Por 35 anos, Taufic trabalhou na unidade, da qual foi diretor técnico.

Conhecido em vários países e referência em todo o Brasil em Doenças Infecciosas e Parasitárias, também foi um dos fundadores da Clínica Auad Dermatologia, trabalhando ao lado do irmão e dos sobrinhos médicos.

Udirse Rodrigues do Nascimento (CRM/GO 711)

Udirse Nascimento
Natural de Cristianópolis (GO), formou-se em medicina aos 25 anos, em 1964, na Universidade Federal do Paraná. Nos dois anos seguintes, cursou residência médica em reumatologia e clínica médica no Hospital do Servidor do Rio de Janeiro.

Já especialista nestas duas áreas, retornou a Goiás e aqui ingressou no Hospital das Clínicas da UFG, onde também foi professor da graduação em medicina e da residência em reumatologia, tendo se dedicado ao ensino de novos médicos por quase 40 anos e se tornado uma referência para várias gerações.

Atualmente, aos 79 anos de idade, atende regularmente na Policlínica São Luiz, instituição fundada por ele inicialmente com o nome de Policlínica de Goiânia. 

 

 

(Rosane Rodrigues da Cunha/Assessora de Comunicação 19/10/18)

Aviso de Privacidade
Nós usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação no portal. Ao utilizar o Portal Médico, você concorda com a política de monitoramento de cookies. Para ter mais informações sobre como isso é feito, acesse Política de cookies. Se você concorda, clique em ACEITO.