Nota – Cremego

O Conselho Regional de Medicina do Estado de Goiás (Cremego) condena qualquer forma de racismo, discriminação e intolerância contra qualquer pessoa e espera que a injúria contra uma médica e a ameaça de agressão a um profissional de saúde, que teriam ocorrido ontem, 19, em Iporá (GO), de acordo com matérias veiculadas na imprensa, sejam apuradas com rigor e que a lei seja cumprida, com a punição do responsável.

O Cremego reitera que está ao lado da classe médica, em defesa da ética médica e do bom atendimento à sociedade, e orienta os médicos vítimas de violência que entrem em contato com o Conselho e também denunciem o caso à Polícia Civil.

Goiânia, 20 de setembro de 2022
Dr. Paulo Roberto Cunha Vencio
Presidente

 

 

(Texto aprovado pelo Presidente/Cremego 20/09/22)

Aviso de Privacidade
Nós usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação no portal. Ao utilizar o Portal Médico, você concorda com a política de monitoramento de cookies. Para ter mais informações sobre como isso é feito, acesse Política de cookies. Se você concorda, clique em ACEITO.