O Conselho Regional de Medicina do Estado de Goiás (Cremego) tem constatado um aumento na oferta de atestados médicos falsos, que são comercializados por sites ou por pessoas que lucram com essa venda, utilizando de forma fraudulenta e ilegal dados de médicos regularmente inscritos no Conselho.

Denúncias sobre essa falsificação têm sido relatadas à Ouvidoria do Cremego por médicos vítimas do golpe, que geralmente tomam conhecimento do problema ao serem abordados por empresas que receberam os atestados falsos de trabalhadores.

O Cremego alerta a população que a venda e a apresentação de atestados médicos falsos constituem crimes previstos no Código Penal Brasileiro (Artigos 299 e 304). A apresentação de atestado falso pode levar também à demissão do trabalhador por justa causa.

 

Os médicos vítimas deste golpe devem entrar em contato com o Cremego e registrar um boletim de ocorrência na Polícia Civil. O registro pode ser feito pelo site https://raivirtual.ssp.go.gov.br/delegacia-virtual/#/.

 

(Texto aprovado pelo Presidente/Cremego 10/03/22)

Aviso de Privacidade
Nós usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação no portal. Ao utilizar o Portal Médico, você concorda com a política de monitoramento de cookies. Para ter mais informações sobre como isso é feito, acesse Política de cookies. Se você concorda, clique em ACEITO.