Um dos primeiros debates a serem realizados pelo Conselho Federal de Medicina (CFM) em 2019 será a diferença entre erro médico e erro de assistência à saúde. O assunto será debatido no II Fórum de Segurança do Paciente, marcado para o dia 8 de fevereiro, na sede do CFM, em Brasília. Também serão tratados assuntos como núcleos de segurança do paciente, detecção do sepse e a importância do médico na definição de metas para a preservação da saúde do enfermo.

 

Durante a primeira parte do evento, pela manhã, os debates terão como temas a diferença entre erro médico e erro de assistência à saúde, além das ações para integração dos Núcleos de Segurança do Paciente com os setores e comissões hospitalares. No período da tarde, o encontro discutirá o diagnóstico precoce do sepse e a importância do médico para a definição de metas de segurança para o paciente.

 

PROGRAMAÇÃO

Carlos Vital Tavares Corrêa Lima – Presidente do CFM
Jorge Carlos Machado Curi – Coordenador da Câmara Técnica de Segurança do Paciente do CFM

09h15 à 10h15h – A diferença entre erro médico e erro de assistência à saúde
Presidente: João de Lucena Gonçalves – membro da Câmara Técnica de Segurança do Paciente do CFM
Secretária: Helena Barreto dos Santos – membro da Câmara Técnica de Segurança do Paciente do CFM Debatedores:

Jorge Carlos Machado Curi – coordenador da Câmara Técnica de Segurança do Paciente do CFM

Diaulas Costa Ribeiro – Desembargador do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios

 Alfredo Henrique Rodriguez Guarischi – membro da Câmara Técnica de Segurança do Paciente do CFM

Antonio Capone Neto – membro da Câmara Técnica de Segurança do Paciente do CFM 

10h15 à 11h15 – A integração dos Núcleos de Segurança do Paciente com os setores e comissões hospitalares
Presidente: Presidente: Sérgio Tamura – Conselheiro do CFM

Secretário: Evandro Tinoco Mesquita – membro da Câmara Técnica de Segurança do Paciente do CFM

Debatedores:

 Desiré Carlos Callegari – membro da Câmara Técnica de Segurança do Paciente do CFM 
Augusto Neno – diretor técnico da Casa de Saúde São José (RJ)
Victor Grabois – presidente da Sociedade Brasileira para a Qualidade do Cuidado e Segurança do Paciente – Sobrasp 
Antonio da Silva Bastos Neto – Superintendente Médico do Hospital Alemão Oswaldo Cruz

11h15 à 12h – Debates

12h00 à 13h30 – Intervalo

13h30 à 14h30 – Detecção precoce do Sepse e segurança do paciente
Presidente: Miguel Cendoroglo Neto – membro da Câmara Técnica de Segurança do Paciente do CFM
Secretário: Marnio Solermann Silva Costa – membro da Câmara Técnica de Segurança do Paciente do CFM

Debatedores:

Flávia Ribeiro Machado – coordenadora geral do Instituto Latino Americano de Sepse 
Luciano Cesar Pontes de Azevedo – Presidente do Instituto Latino Americano de Sepse

14h30 às 15h30 – Metas de segurança do paciente – A importância do médico
Presidente: Jorge Carlos Machado Curi – coordenador da Câmara Técnica de Segurança do Paciente do CFM
Secretário: Sérgio Tamura – conselheiro do CFM

Debatedores:

João Fernando Monteiro Ferreira – médico assistente do Instituto do Coração -InCor 
Helidea de Oliveira Lima – diretora de Qualidade Assistencial da Rede D’or 
Priscila Rosseto de Toledo – gerente do UHGBRASIL 
Orestes Pullin – presidente da Unimed do Brasil

15h30 à 16h30 – Debates
17h00 – Encerramento

Aviso de Privacidade
Nós usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação no portal. Ao utilizar o Portal Médico, você concorda com a política de monitoramento de cookies. Para ter mais informações sobre como isso é feito, acesse Política de cookies. Se você concorda, clique em ACEITO.