Ano 7 Nº 378 09/04/2013

 

Cremego e MPF assinam

Termo de Cooperação Técnica

 

O objetivo da parceria firmada ontem (8) é o desenvolvimento de ações conjuntas visando a melhoria dos serviços de saúde em Goiás

 

O Cremego e o Ministério Público Federal em Goiás (MPF/GO) vão atuar em conjunto na fiscalização e acompanhamento da qualidade dos serviços de saúde pública no Estado. O objetivo é identificar e agilizar a solução de problemas que comprometem o trabalho médico e a boa assistência à população.

A parceria entre o Cremego e o MPF/GO foi definida em um Termo de Cooperação Técnica assinado no dia 8 de abril entre o presidente do Conselho, Salomão Rodrigues Filho, o procurador Regional dos Direitos do Cidadão, Ailton Benedito de Souza, e a procuradora Mariane Guimarães de Mello Oliveira. O vice-presidente do Cremego, Adriano Alfredo Brocos Auad; o 2º secretário, Erso Guimarães, e a corregedora de Processos, Lívia Barros Garção, também participaram da assinatura do termo, na sede do MPF/GO.

O trabalho conjunto com o Cremego foi proposto pelo MPF/GO e prontamente aceito pelo Conselho que, através desta parceria, espera sanar, com mais eficiência, problemas detectados nas fiscalizações nas unidades de saúde. De acordo com o presidente do Cremego, a atuação conjunta com o MPF/GO deve contribuir para melhorar as condições de trabalho dos médicos e de atendimento aos usuários de serviços de saúde. “É uma parceria muito rica”, disse.

O procurador Ailton Benedito de Souza agradeceu o apoio do Conselho. “Essa parceria vai ajudar a aprimorar nosso trabalho”, afirmou, ressaltando que o Cremego deve colaborar com o MPF/GO com orientações, fiscalizações e assessoramento técnico nos procedimentos instaurados para apurar a existência de fatos que possam configurar a inadequada prestação de serviços de saúde à população.

Quando cabível, o MPF/GO deve promover recomendações, termos de ajustamento de conduta e outras ações com as instituições  de saúdes fiscalizadas pelo Cremego, com o objetivo de reparar e corrigir possíveis irregularidades e ilegalidades apontadas pelo Conselho. 

A partir de agora, representantes do Cremego e do MPF/GO devem reunir-se periodicamente para tratar de assuntos relacionados à saúde pública em Goiás e também à formação dos médicos, como a criação e o funcionamento de faculdades de medicina no Estado.

Clique aqui e confira a íntegra do termo, que terá validade até 31 de dezembro deste ano, podendo ser prorrogado.

 

CNBB elogia a posição do Cremego

sobre o aborto

 

Em um documento enviado ao presidente do Cremego, Salomão Rodrigues Filho, o presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) – Regional Centro-Oeste, dom José Luiz Majella Delgado, cumprimentou o Conselho pelo posicionamento contrário à liberação do aborto por vontade da gestante até a 12ª semana de gravidez. No documento, a CNBB ressalta que a decisão da plenária do Cremego “sinaliza que os caminhos da ética médica estão sendo refletidos em nosso Estado, deixando claro que considerar a autonomia da mulher, não significa ser contra a dignidade da vida do filho”.

Na nota, também divulgada no portal da CNBB, os bispos louvam a decisão do Cremego. “Nós, os bispos da Regional Centro-Oeste da CNBB, louvamos publicamente a disposição do Cremego, naquilo que se refere à sua posição contrária à interrupção da gestação, pois indica que é possível abrir a análise do direito da mulher, sem deixar de lado o direito de seus filhos e que a ação médica deve sempre ser aquela que protege a vida, especialmente dos menos favorecidos.

 

Clique aqui e confira o texto completo do documento da CNBB

 

Entidades médicas apresentam à presidente

Dilma propostas para melhorar a saúde brasileira

 

Representantes do Conselho Federal de Medicina (CFM), da Associação Médica Brasileira (AMB) e da Federação Nacional dos Médicos (Fenam) entregaram à presidente Dilma Rousseff, no dia 4 de abril, um documento com propostas para promover a interiorização da medicina, o aperfeiçoamento do processo de formação médica e a melhora dos instrumentos de financiamento, gestão e controle.

De acordo com os participantes da reunião, a presidente Dilma foi receptiva às ponderações das entidades médicas e decidida a estabelecer um canal de diálogo com os representantes da categoria. Ela já anunciou que outras reuniões deverão ser realizadas oportunamente, inclusive com a formação de Grupos de Trabalho para analisar e discutir temas de interesse.

“A reunião foi bastante positiva, com a presidente mostrando disposição para o diálogo. Um dos resultados foi a criação de um grupo de trabalho, formado por representantes do governo e das entidades médicas, para tratar da capacitação dos docentes das faculdades médicas”, informou o presidente do CFM em exercício, Carlos Vital Tavares Corrêa Lima. (Fonte: CFM)

 

PALAVRA DE MÉDICO

 

Médicos goianos participaram do ato

público em defesa da saúde e da medicina

(Boletim Eletrônico nº 377)

 

“Parabenizo as entidades medicas pela luta em que se empenharam, demonstrando a todos os brasileiros que temos dignidade e direito de ter uma atenção qualificada a sua saúde. Somos respeitadores e queremos respeito. Todo brasileiro,ou aquele que vive em nosso país, merece ter saúde e como tal deve ser avaliado por médicos qualificados.
Dra. Regina Marques – Diretora de Convênios da AMG.

 

Cremego e Simego reivindicam bonificação para médicos auditores do Ipasgo (Boletim Eletrônico nº 377)

 

“Obrigada, dr. Salomão, pela sua atuação”
Dra. Soraya Rassi

 

“Os médicos aposentados da Secretaria Estadual de Saúde renovam seu pedido ao Presidente do Cremego para que desenvolva gestões junto ao governo do  Estado, no sentido de que seja estendido àquela parcela da categoria médica o bônus que está sendo pago aos da ativa, no valor de 2,5mil reais mensais, pois vários deles estão impedidos de trabalhar por questões de saúde, razão por que estão inativos. O salário pago aos aposentados é mais do que humilhante, é constrangedor”.
Dr. José Vilmar Tavares

 

Nota do Cremego – O Conselho informa que já reivindicou a extensão da bonificação a todos os médicos contratados pelo Estado, inclusive aos aposentados. O presidente Salomão Rodrigues Filho está reforçando essa reivindicação junto ao governador Marconi Perillo. Mais informações sobre o assunto serão divulgadas no site do Cremego e no Boletim Eletrônico.

Boletim Eletrônico – Ano 7 Nº 378 09/04/2013

Edição: Rosane Rodrigues da Cunha – MTb 764 JP
Assessora de Comunicação – Cremego
www.www.cremego.org.br
imprensa@cremego.org.br
(62) 3250 4900

 

 

Aviso de Privacidade
Nós usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação no portal. Ao utilizar o Portal Médico, você concorda com a política de monitoramento de cookies. Para ter mais informações sobre como isso é feito, acesse Política de cookies. Se você concorda, clique em ACEITO.