Capa Livro A Historia do Cremego Frente

 

Recentemente, o Conselho Regional de Medicina do Estado de Goiás (Cremego) lançou o livro “A História do Cremego”, que mostra a trajetória do Conselho desde a sua criação, em 1957, até 2020.

A obra é assinada pelo presidente Paulo Roberto Cunha Vencio, pelos ex-presidentes Aldair Novato Silva, Erso Guimarães e Leonardo Mariano Reis e pelo diretor Científico, Waldemar Naves do Amaral, e relata fatos de destaque ocorridos desde a primeira gestão do Conselho e a relação com outras entidades médicas, como o Conselho Federal de Medicina, o Sindicato dos Médicos e a Associação Médica de Goiás.

A publicação traz informações, por exemplo, das administrações dos médicos João Teixeira Álvares Júnior e Simão Carneiro de Mendonça, pioneiros à frente da gestão do Cremego, até a presidência de Leonardo Reis e, atualmente, Paulo Roberto Cunha Vencio.

O prefácio da obra é assinado pelo atual presidente e por Waldemar Naves do Amaral, que destacam que o livro demonstra “os momentos vividos de controle ético-profissional e a definição do Conselho como entidade médica”.

Eles enfatizam que nestes 63 anos alguns momentos foram mais sofridos e outros de glória da classe médica goiana e que o livro chega para “ser a referência do passado vivido como experiência, do presente como dádiva divina e o do futuro que é preciso construir permanentemente nas boas práticas da medicina e na proteção ao povo”.

O livro está disponível para consulta na biblioteca do Cremego. Exemplares também estão sendo entregues a faculdades de medicina, Sociedades de Especialidades Médicas, entidades representativas da classe médica, além de comissões de residência médica e comissões de ética médica dos hospitais goianos.

A versão eletrônica pode ser conferida aqui: https://www.cremego.org.br/images/HistoriaCremego.pdf

 

(Texto aprovado pelo 1º Secretário/Cremego 11/03/21)

 

Aviso de Privacidade
Nós usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação no portal. Ao utilizar o Portal Médico, você concorda com a política de monitoramento de cookies. Para ter mais informações sobre como isso é feito, acesse Política de cookies. Se você concorda, clique em ACEITO.