Ano 7 Nº 367 4/02/2013

 

 

Cremego convida médicos para reunião com o secretário de Saúde de Goiânia 

 

Os médicos que atuam na rede pública municipal de saúde de Goiânia estão convidados para a reunião com o secretário de Saúde da capital, Fernando Machado, que será realizada na próxima quarta-feira, dia 6, às 19h30, na sede do Cremego – Rua T-27, número 148, Setor Bueno (entrada de eventos). O presidente do Conselho, Salomão Rodrigues Filho, ressalta que a participação da classe médica é muito importante para o debate do funcionamento dos Centros de Assistência Integral à Saúde (Cais) da capital.

O presidente do Sindicato dos Médicos no Estado de Goiás (Simego), Leonardo Mariano Reis, também vai participar do encontro, agendado após uma reunião entre um grupo de médicos da Secretaria Municipal de Saúde e os presidentes do Cremego e Simego. Neste encontro, realizado no dia 28 de janeiro, os médicos queixaram-se de problemas que vêm comprometendo o trabalho nas unidades de saúde.

Entre os problemas apresentados e que devem ser debatidos com o secretário estão os baixos salários pagos aos médicos, a sobrecarga de trabalho imposta a esses profissionais e a precariedade das condições de trabalho nestas unidades de saúde.

 

Classificação hospitalar da Ahpaceg

é apresentada ao Cremego

 

Diretores e conselheiros do Cremego puderam conhecer, no dia 31 de janeiro, a Classificação Hospitalar proposta pela Associação dos Hospitais Privados de Alta Complexidade do Estado de Goiás (Ahpaceg). O presidente da Ahpaceg, Haikal Helou, que participou da plenária acompanhado por diretores da entidade, apresentou a classificação, ressaltando que o objetivo deste trabalho é colaborar com a boa assistência hospitalar prestada em Goiás, atendendo os requisitos voltados à segurança e qualidade de atendimento do paciente.

Haikal Helou observou que a Classificação Hospitalar da Ahpaceg propõe um padrão de qualidade dos serviços hospitalares, que reflete nas condições de segurança do paciente e de trabalho do médico. A elaboração da proposta, já apresentada a compradores de serviços de saúde, como o Ipasgo e a Unimed Goiânia, e a órgãos de saúde e de defesa do consumidor, consumiu mais de um ano de trabalho.

“Definimos critérios para a classificação dos hospitais, que serão revisados a cada três anos”, disse. Os hospitais interessados serão classificados nas categorias Prata, Ouro, Platina e Diamante, de acordo com a pontuação alcançada. A avaliação será feita por uma empresa independente, que, com base no questionário apresentado pela Ahpaceg, vai avaliar quesitos, como a estrutura física, a gestão da unidade de saúde, a existência de comissões de Ética, de Controle de Infecção Hospitalar e os serviços prestados.

Os conselheiros elogiaram a iniciativa e apresentaram sugestões para o aperfeiçoamento da classificação, como a exigência da existência de sala de recuperação pós-anestésica nos hospitais. Segundo o presidente da Ahpaceg, as sugestões serão acatadas.

O presidente do Conselho, Salomão Rodrigues Filho, observou que, também visando a melhoria da qualificação dos serviços hospitalares no Brasil, o Conselho Federal de Medicina (CFM) está elaborando um estudo para conceituar o que é um hospital e demais estabelecimentos de assistência em saúde com todo o detalhamento do que deve ter a unidade.

A expectativa da Ahpaceg é que a classificação proposta seja um referencial para a sociedade na hora da contratação de serviços hospitalares. Compradores de serviços também podem adotá-la para a contratação dos prestadores. O Ipasgo, por exemplo, já anunciou a adoção da classificação a partir deste mês.

 

Ipasgo cadastra médicos não credenciados

 

O Instituto de Assistência dos Servidores Públicos do Estado de Goiás (Ipasgo) está cadastrando os médicos não credenciados ao Ipasgo, para que os mesmos possam realizar a solicitação de exames pagos pelo instituto. O cadastramento deve ser feito no portal do Ipasgo (www.ipasgo.go.gov.br), na parte reservada ao Prestador de Serviço (acesse Serviços e Cadastro de Médicos Não Credenciados).

De acordo com o Ipasgo, a medida foi tomada porque 20% dos exames solicitados são de médicos não credenciados e o instituto quer conhecer quem são estes profissionais.

O médico não credenciado que não se cadastrar não poderá mais solicitar exames pelo Ipasgo, que ressalta não se tratar de um credenciamento, mas apenas do cadastramento dos médicos. Para mais informações, entre em contato com o Ipasgo pelo telefone (62) 3238 2626.

 

Prazo para pagamento da anuidade com desconto foi prorrogado para 15 de fevereiro

 

O Cremego informa que, devido a um problema de processamento pelo Banco do Brasil, houve um atraso na emissão dos boletos das anuidades de 2013. Assim, o desconto concedido para pagamentos efetuados até 31 de janeiro foi prorrogado para 15 de fevereiro. Os boletos com a nova data e o valor de R$ 500,00 já foram encaminhados para os endereços de correspondência dos médicos.

Quem optar por quitar a anuidade entre 16 e 28 de fevereiro vai pagar R$ 511,00. A partir desta data e até 31 de março, será cobrado o valor total da anuidade: R$ 527,00.

O boleto também pode ser emitido através do site do Cremego (www.www.cremego.org.br). Para mais informações, entre em contato com o Conselho pelo e-mail financeiro@cremego.org.br.

 

Boletim Eletrônico – Ano 7 Nº 367 4/02/2013 

Edição: Rosane Rodrigues da Cunha – MTb 764 JP
Assessora de Comunicação – Cremego
www.www.cremego.org.br
imprensa@cremego.org.br
(62) 3250 4900

 

 

Aviso de Privacidade
Nós usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação no portal. Ao utilizar o Portal Médico, você concorda com a política de monitoramento de cookies. Para ter mais informações sobre como isso é feito, acesse Política de cookies. Se você concorda, clique em ACEITO.