Rede dos Conselhos de Medicina
Selecione o Conselho que deseja acessar:
Honra ao Mérito Profissional Médico: uma homenagem ao exercício ético da medicina

HOMENAGEM 18Para celebrar o Dia do Médico, comemorado em 18 de outubro, o Cremego criou, em 2005, a comenda Honra ao Mérito Profissional Médico. Desde então, a cada ano, o Conselho presta uma homenagem a médicos que contribuíram e contribuem para o desenvolvimento e a valorização da medicina goiana na assistência à população, na organização da classe médica e nas áreas do ensino e pesquisa. Ao condecorar os homenageados com a comenda Honra ao Mérito Profissional Médico, o Cremego homenageia também todos os médicos que se dedicam ao exercício ético da medicina em Goiás.

Neste ano, em uma solenidade realizada no dia 19 de outubro, o Cremego homenageou os médicos Antônio Calzada Machado, Caied Salin, Hélio Moreira, Hervieu Fachetti, João Baptista Carrijo, João Rosa do Espírito Santo, Jonas Ubirajara Husni e Theobaldo Silva Costa. O evento foi prestigiado por diretores e conselheiros do Cremego, médicos, parentes e amigos dos homenageados, representantes de entidades da área da saúde e autoridades do setor, como o secretário Estadual de Saúde, Leonardo Vilela, e a secretária de Saúde de Goiânia, Fátima Mrué.

O presidente do Cremego, Leonardo Mariano Reis, destacou a importância da homenagem, que simboliza o reconhecimento do Conselho a quem tanto fez e faz pela medicina goiana. O secretário Leonardo Vilela afirmou ser graças à atuação de médicos como os homenageados que a medicina goiana é uma referência para o Brasil e outros países. Fátima Mrué também cumprimentou os homenageados, enfatizando a importância do exemplo de cada um em sua formação profissional e na de várias gerações de médicos.

O médico João Rosa do Espírito Santo falou em nome de todos os homenageados, que receberam o diploma, o troféu e, principalmente, o reconhecimento da classe médica goiana. Ao agradecer a homenagem, ele relembrou a importância da amizade e do companheirismo dos colegas e do exemplo de grandes professores, como Luiz Rassi, Joffre Marcondes de Rezende, Delfino da Costa Machado e Rubens de Moraes, na formação dele e dos colegas condecorados. “Não estaríamos aqui, mesmo porque nossos conselheiros não permitiriam, se não comungássemos a ideia de que só existe um jeito de fazer as coisas: o jeito certo”, disse, enfatizando a conduta ética de cada homenageado.

 

CONHEÇA OS HOMENAGEADOS DE 2017

 

Antônio Calzada Machado – CRM/GO 2.766

Natural de Santa Cruz de Goiás, o médico Antônio Calzada Machado nasceu em 7 de dezembro de 1946. Aos 29 anos, em 1975, formou-se na Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa, em Portugal. Ainda em Lisboa, concluiu pós-graduação em Doenças Tropicais e em Medicina Interna.

De volta ao Brasil e com o diploma revalidado pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, iniciou uma grande trajetória na medicina goiana e brasileira.

No Rio de Janeiro, além de estudos nas áreas de medicina e segurança no trabalho, especializou-se em cardiologia.

Também especialista em medicina do trabalho, Antônio Calzada retornou a Goiânia, em 1979, e aqui iniciou o serviço de cardiologia da Santa Casa de Misericórdia. Foi também preceptor no internato e residência médica, iniciou a Unidade de Terapia Intensiva e coordenou o departamento de cardiologia do hospital.

Aposentado da Secretaria Estadual de Saúde e funcionário na ativa da Secretaria Municipal de Saúde, atualmente, trabalha na Junta Médica de Goiânia e é também sócio e médico da Policlínica São Luiz/Ergocenter. Durante toda a sua atuação na área médica, Antônio Calzada dedicou-se profundamente à semiologia, por acreditar ser ela a base da medicina.

 

Caied Salin – CRM/GO 2.744

O médico Caied Salin nasceu em Anápolis em 16 de agosto de 1951 e formou-se em medicina em 1976, na Universidade de Brasília, aos 25 anos de idade. Especialista em clínica médica, endoscopia digestiva e gastroenterologia, nestes mais de 40 anos dedicados à medicina, ele destacou-se em várias áreas da atuação profissional.

Além do atendimento aos pacientes em unidades, como o Hospital Municipal de Anápolis, e trabalhar como médico perito no INSS de Anápolis, ele deu uma grande contribuição à organização da classe médica goiana. Foi conselheiro do Cremego por dez anos, secretário geral da Associação Médica de Anápolis e tesoureiro da regional goiana da Sociedade Brasileira de Endoscopia Digestiva.

Esteve também à frente da gestão da saúde pública, quando foi secretário Municipal de Saúde de Anápolis, na década de 1980.  Caied Salim também se dedicou ao cooperativismo de trabalho médico e entre 1994 e 1996 foi membro do conselho técnico da Unimed Anápolis.

Hélio Moreira – CRM/GO 634

Hélio Moreira nasceu em Gaspar Lopes, município de Alfenas, no sul de Minas Gerais, em 15 de janeiro de 1938.  A formatura em medicina aconteceu aos 26 anos de idade, em 1964, na Universidade Federal do Paraná. O passo seguinte foi a residência médica em coloproctologia na Santa Casa de Misericórdia de São Paulo.

Logo em seguida, em 1967, ele se mudou para Goiânia e se tornou professor da Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Goiás, onde exerceu o magistério por 43 anos, sendo uma referência para várias gerações de médicos. Em 53 anos de exercício da medicina, Hélio Moreira desenvolveu pesquisas sobre Doença de Chagas e Câncer do Colon e Reto, dentre outras.

É também autor de duas novas técnicas cirúrgicas, de quatro livros científicos e assina centenas de publicações em revistas e livros técnico-científicos nacionais e internacionais. Mesmo com tanta dedicação à medicina, encontrou tempo para se dedicar a outra paixão: a literatura e já publicou seis livros literários.

Hervieu Fachetti – CRM/GO 920

Hervieu Fachetti nasceu no Espírito Santo, na cidade de Santa Teresa, no primeiro dia de janeiro de 1929. Formou-se em medicina aos 28 anos de idade pela, hoje, Universidade Federal do Rio de Janeiro. Inicialmente, trabalhou no interior de Minas Gerais e do Paraná e, em 1969, se mudou para Goiânia, fazendo parte da história da obstetrícia na cidade.

Sócio proprietário do Hospital Santa Catarina, foi também membro do corpo clínico da Maternidade Nossa Senhora de Lourdes desde a inauguração da unidade até se aposentar, em 1992. Juntamente com o colega Júlio Bernardes, Hervieu Fachetti fez o primeiro parto na maternidade.

Foi também responsável, ao lado do médico Divaldo Santana, pela primeira cesariana realizada no antigo Hospital Geral do Inamps, onde trabalhou entre 1974 e 1992 e lá acompanhou diversas turmas de residência médica em ginecologia e obstetrícia.

Diretor por dois mandatos da Sociedade Goiana de Ginecologia e Obstetrícia e com um extenso currículo, ele classifica como sua atuação mais significativa e mais gratificante a de diretor técnico da Maternidade Nossa Senhora de Lourdes. Presidente do Centro de Estudos da maternidade, ele pôde acompanhar o treinamento em obstetrícia de diversas gerações de médicos goianos, das quais hoje muito se envaidece.

João Baptista Carrijo – CRM/GO 962

Mineiro da cidade de Amanhece, João Baptista Carrijo nasceu em 7 de maio de 1941. Formou-se em medicina pela Universidade Federal de Goiás, em 1969, aos 28 anos. Em 1972, concluiu o mestrado em farmacologia na Universidade de São Paulo.

Sempre em busca de atualização profissional, em 1999, foi aluno do curso ATLS realizado na Universidade de Brasília e, em 2006, participou do 1º Curso de Capacitação Docente em Educação Médica, ministrado na UniEvangélica, em Anápolis.

Membro remido da Sociedade Brasileira de Anestesiologia e tendo trabalhado por quase 30 anos no Hospital Evangélico Goiano, em Anápolis, João Baptista Carrijo tem também uma longa e importante trajetória profissional dedicada ao ensino.

Entre 1970 e 1996, foi professor da UFG e, desde 2012, é diretor do curso de medicina do Centro Universitário de Anápolis. Conselheiro do Cremego entre 1993 e 1998, ele foi condecorado pela Cruz Vermelha Brasileira com a comenda Amigo da Cruz Vermelha, em 2013.

João Rosa do Espírito Santo – CRM/GO 2.765

Goiano de Orizona, João Rosa do Espírito Santo nasceu em17 de agosto de 1951 e se formou em medicina em 1976, aos 25 de idade, pela Universidade Federal de Goiás. Um de seus primeiros contatos com a futura profissão aconteceu na infância, quando a família morava em Inhumas.

Lá, em 1961, aos 11 anos, ele assistiu a uma palestra sobre Doença de Chagas e se encantou com os conhecimentos do orador, o médico Joffre Marcondes de Rezende. Em 1974, já na faculdade, João Rosa do Espírito Santo, voltou a se encontrar com Joffre Marcondes de Rezende, de quem recebeu grande apoio e orientação acadêmica.

A primeira delas rendeu a João Rosa do Espírito Santo o primeiro lugar geral na Feira de Ciências do Estado e uma viagem aos Estados Unidos, onde visitou faculdades e centros de pesquisas médicas e enriqueceu seu aprendizado.

Após a formatura, ele se mudou para o Rio de Janeiro e lá, entre 1976 e 1979, cumpriu internato, cursou residência e especialização em cardiologia e mestrado em Ciências Médicas.

De volta a Goiânia, em 1979, ingressou como professor de clínica médica na Faculdade de Medicina da UFG. Ao lado do colega Erso Guimarães, implantou o serviço de teste de esforço da faculdade, com a realização de mais de 1 mil exames, quase todos voltados para a pesquisa da Doença de Chagas.

Por dez anos, coordenou o internato da Faculdade de Medicina e firmou convênios internacionais, que permitiram a ida de acadêmicos para a Universidade de Miami. Professor aposentado, o cardiologista traz no currículo também a atuação em grandes hospitais privados e, atualmente, é um dos supervisores do Hospital de Urgências Otávio Lage de Siqueira, o Hugol, além de se dedicar à literatura.

Jonas Ubirajara Husni – CRM/GO 779

Paranaense de Imbituva, Jonas Ubirajara Husni nasceu em 22 de setembro de 1943.Muito jovem, aos 24 anos de idade, formou-se em medicina pela Universidade Federal do Paraná. Pouco depois, mudou-se para Anápolis, onde vive há 46 anos.

Especialista em ginecologia e obstetrícia, ele já realizou mais de 6 mil partos, em unidades como o Hospital São Zacarias, onde trabalhou por 30 anos.

Trabalhou também como médico perito, auditor médico e diretor em unidades do antigo INPS e do Inamps e, atualmente, atende no Espaço Clínico da Longevidade - Clínica Yasmim.

Pós-graduado em Auditoria de Serviços de Saúde pela Unaerp, com curso de Capacitação em Informática na Área de Saúde pela Unicamp e pós-graduação em Gestão de Cooperativas de Saúde pela, hoje, PUC-Goiás, Jonas Ubirajara Husni tem uma grande atuação na área do cooperativismo de trabalho médico.

Entre 2005 e 2010, ele foi diretor de Mercado da Federação das Unimeds dos Estados de Goiás e Tocantins e é cooperado fundador da Unimed Anápolis, cooperativa que presidiu entre 2000 e 2006 e da qual é o atual presidente.

Theobaldo Silva Costa - CRM/GO 2.246

Nascido em 1º de julho de 1949 em São Luís de Montes Belos, no interior goiano, Theobaldo Silva Costa formou-se em medicina em 1974, na Universidade Federal de Goiás. Cursou residência médica em cirurgia geral e urologia no Hospital do Servidor Público Estadual “Francisco Morato de Oliveira”, em São Paulo.

Mestre em Ciências na área de cirurgia do aparelho digestivo, pela Universidade de São Paulo, e de volta a Goiás, ele realizou atividades docentes nas cadeiras de urologia e técnica operatória na Faculdade de Medicina da UFG. Entre 1978 e 2015, trabalhou como cirurgião geral no Hospital das Clínicas da UFG e como urologista no atual Hospital Geral de Goiânia Dr. Alberto Rassi, onde coordenou a residência médica em urologia.

Sua atuação profissional tem ainda a marca do pioneirismo em Goiás. Dentre elas, destacamos a introdução do tratamento cirúrgico da disfunção erétil masculina através de prótese peniana no HGG, da cirurgia para tratamento definitivo do câncer de próstata e da cirurgia de transplante renal através da realização do primeiro autotransplante de rim no Estado.

Ele também organizou e capacitou a primeira equipe multiprofissional de transplante renal de Goiás, tendo realizado com sucesso o primeiro transplante homólogo de rim intervivos em 1984, no HGG. Ex-conselheiro e ex-diretor do Cremego, o urologista atualmente é diretor geral do Hospital do Rim de Goiânia.

 

Confira a cobertura completa na edição de outubro do informativo Cremego em Revista

 

(Rosane Rodrigues da Cunha/Assessora de Comunicação - Cremego 20/10/17)

 

 
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner

© PORTAL MÉDICO 2016 - o site do Conselho Regional de Medicina do Estado de Goiás -Todos os direitos reservados
Rua T - 28 N° 245 - Qd. 24 - Lote 19 E 20 - Setor Bueno - Goiânia - GO | Cep: 74210-040 | Fone: (62) 3250-4900 | Fax: (62) 3250-4949 | E-mail - cremego@cremego.org.br
Entrada de Eventos - Rua T-27 Nº 148 - Qd 24 - Lote 12 E 13 - Setor Bueno - Goiânia - GO | Cep: 74210-030 | Horário de funcionamento: Segunda a Sexta - 08h00 às 18h00